Como usar a tecnologia a favor da gestão de pessoas?

Quando o assunto gira em torno de gestão de pessoas, o gerenciamento tecnológico e orientado por dados pode não ser visto como a opção mais adequada. Afinal, o departamento de Recursos Humanos deve estar associado apenas às abordagens mais emocionais e humanizadas, certo? Pense de novo.

Atualmente, as empresas estão lidando com a tecnologia e sistemas automatizados em todos os âmbitos, para fornecer pistas essenciais na transformação e aperfeiçoamento da gestão de pessoas. Quer saber como?

Neste post, você vai entender melhor os motivos pelos quais a gestão tecnológica pode inovar todos os processos dentro de um dos departamentos mais importantes de sua empresa.

No que consiste a gestão tecnológica?

A gestão tecnológica se baseia em um tipo de processo gerencial, que conta com o suporte da tecnologia e suas inovações para identificar padrões e mensurar dados. É importante para ajudar o gestor a tomar decisões mais assertivas e formular estratégias personalizadas.

Este suporte é o diferencial que possibilita a competitividade entre empresas. Por isso, é fundamental que o líder do futuro saiba como aliar o uso dos recursos tecnológicos para gerir equipes e desenvolver o potencial dos liderados.

Como a gestão tecnológica pode favorecer a gestão de pessoas?

Imagine um gestor de uma grande empresa, com muitos funcionários. Em vez de entender o que está acontecendo por meio de abordagens individuais, ele consulta um painel personalizado em seu computador, que o informa sobre todos os aspectos que lhe interessam (desde qual empregado ocupa qual mesa até os principais dados relativos aos KPIs) no setor de RH.

Este é um tipo de sistema de gestão tecnológica, que se baseia em dados concretos e automatizados para entender a eficiência dos colaboradores dentro do ambiente de trabalho. Com isso, é possível administrar dados com eficiência e facilidade.

Por isso, o papel da tecnologia na gestão de pessoas não é só uma tendência, mas também se torna uma forma de agregar mais valor ao negócio. Não é à toa que, de acordo com um levantamento feito pela empresa Vulpi, cerca de 77% das empresas brasileiras utilizam plataformas tecnológicas de auxílio a  gestão de pessoas.

Quais processos podem ser facilitados?

Alguns sistemas atuais fornecem informações valiosas para a gestão de pessoas, desde o desempenho dos funcionários até o andamento de contratações. Quando implementadas adequadamente, essas ferramentas auxiliam as melhores tomadas de decisões possíveis sobre o gerenciamento da força de trabalho.

Redução da dependência

Via de regra, a gestão de processos lida com muita papelada e processos que não se beneficiam com a execução manual, como o arquivamento de documentos fiscais, elaboração de contratos, organização de folhas de pagamento ou relatórios de despesas.

A automação de processos como estes ajuda o departamento a usar seu tempo de forma mais eficiente, sem depender da interferência humana.

Comunicação facilitada

Muitos recursos da gestão tecnológica permitem que o funcionário trabalhe à distância, já que a comunicação se dá de forma mais fluida e interativa. Por meio de softwares específicos e de baixo custo, é possível receber informações de outros setores ou pessoas que estão realizando viagens corporativas, tudo em tempo real.

Otimização do trabalho

Algumas ferramentas de gestão tecnológica são feitas para rastrear, verificar e reportar as horas ativas de trabalho, definindo os respectivos salários dos empregados. Com a inserção do horário de entrada e saída de cada um deles no sistema, também é possível calcular horas extras e deduções do salário.

Desenvolvimento de pessoas

A tecnologia também apresenta módulos voltados para mensurar a produtividade e desempenhode cada colaborador, sendo indispensáveis principalmente para as empresas que trabalham com metas e bonificações.Com ela, também é possível identificar lacunas no desenvolvimento do funcionário e o que pode ser feito para melhorar sua performance.

Geração de resultados efetivos

Por fim, com o acompanhamento automatizado de tantos indicadores, é fácil planejar o curso de ações tomadas pelo gestor e saber se o trabalho está progredindo no ritmo esperado.  Sendo assim, torna-se possível controlar resultados, contratar com mais eficiência e até prever mudanças que promovam ganhos em satisfação e produtividade.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×
×

Carrinho